sexta-feira, 28 de maio de 2010

Mundo moderno

Júlia queria casar virgem, mas aos 21 anos encontrou seu príncipe, tinha sua idade e era tudo que ela queria, loiro, olhos claros, dentes brancos, bom hálito e todos acessórios inclusos. Não resistiu aos encantos do charmoso, se entregou antes mesmo de completarem três meses de namoro.

Ela estranhou um rapaz tão jovem tendo problemas como aqueles, mas devia ser só o nervosismo. Tentaram no dia seguinte e nada do rapaz mostrar serviço. Ela começou a achar que era sua culpa, e decidiu caprichar mais nas lingeries e nos agrados ao amado, afinal de contas na "Claudia" diziam que sexo era suuuuuuuuuuper importante.

Comprou um conjunto fio dental vermelho, uma bela de uma garrafa de champagne e dirigiram-se pro motel, escolheram a melhor suíte que havia disponível e sorridentes, mais uma vez foram tentar terminar aquilo que nem tinha começado direito.

Não vou me alongar muito neste ponto da história pois não quero que confundam minhas intenções, compreendam que este é um blog de família! Digamos apenas que a coisa não funcionou novamente.

Júlia estava arrasada, não sabia mais o que fazer, vestiu um roupão, falou que ia pegar algo no carro e lá ficou a chorar. Quando finalmente se refez e voltou ao quarto encontrou o namorado vestindo seu sutiã e sua calcinha fio denta enquanto se olhava no espelho de costas pra ela. Não hesitou, encoxou o cara e grudou ele na parede, deu-lhe uns bons tapas na bunda e mostrou o que é que um bom macho deve fazer.

Hoje Júlia mudou de vida, comprou um caminhão no qual roda o país e calça 46, seu hímen continua intacto. Vez em quando passa na Praça da República e vê o ex-namorado fazendo ponto de vestidinho, nunca esquece de dar o grito:

- Eita bunda boa, já comi ein!?!?

4 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkk.... muito bommmm!! Ri muito viu... rsrs. To adorando tudo aqui.

    Abraço ;)

    ResponderExcluir